Dicas para criar notícias em áudio

O mundo é audiovisual e no jornalismo não é diferente. Cada vez mais as pessoas se interessam mais por conteúdos dinâmicos e menos por textos longos. Dessa forma a demanda por notícias em áudio têm crescido, principalmente entre pessoas com rotinas mais corridas.

As notícias em áudio permitem que os usuários tenham total autonomia sobre como, onde e quando se informam. Essa liberdade das notícias em áudio representa uma quebra de paradigma na sociedade, que além de escolher o assunto, o horário e o local ainda pode fazer outra tarefa enquanto se informa.

Os podcasts são a materialização desta mudança e que ganham cada vez mais adeptos. O Spotify, que é a maior plataforma de streaming de áudio, informou que apenas no terceiro trimestre de 2020 o consumo pelo formato de notícias em áudio aumentou 200%. A plataforma tem 1,9 milhão de podcasts.

Podcast é igual rádio?

Um dos grandes desafios do jornalismo é contar histórias. Com relevância, credibilidade, uma linguagem acessível e que desperte o interesse do público. Com este propósito surgiram as notícias em áudio. O podcast de jornalismo apresenta leveza e descontração, mas com informação e sem a pressão da notícia factual.

O formato de sucesso de notícias em áudio é o que mais se assemelha a um bate papo. Diferente da seriedade das rádios, onde a linguagem é mais formal e informativa. No podcast é como se o ouvinte estivesse participando de uma conversa entre pessoas conhecidas e sobre um assunto que seja de seu interesse. Jornalismo leve e informal. 

Dicas para criar notícias em áudio

Dica nº 1 – Planejamento 

O primeiro passo para produzir notícias em áudio é se planejar. Jornalista sabe que este é um item importante para fazer reportagens mais elaboradas.  Antes de tudo avalie quem é o público a que se destina a notícia em áudio e considere que geralmente as pessoas ouvem enquanto fazem outras atividades.

Por isso, priorize linguagens diretas, dados explicados e informações claras que contribuem para melhor experiência do usuário que vai ouvir as notícias em áudio. Se coloque sempre na posição de ouvinte.

Dica nº 2 – Narrativas

Para decidir sobre a narrativa das notícias em áudio é necessário responder a uma pergunta. Qual a melhor maneira de contar essa história? É a partir desta análise que o jornalista vai escolher como começar, seguir e terminar as notícias em áudio.

Feita a escolha é hora de partir para o roteiro, estabelecer as falas, as entrevistas, os cortes e estruturar uma narrativa coesa para contar a melhor história ao ouvinte.

Dica nº 3 – Áudio

Priorize a qualidade do áudio. Tente escolher entrevistados que falem bem e que consigam desenvolver o tema abordado. O ouvinte busca por algo confortável, que consiga ouvir sem dificuldades. Ao gravar as entrevistas, mesmo se não tiver um estúdio adequado, busque fugir de ruídos externos que vão interferir na qualidade do áudio. 

Dica nº 4 – Conquista

O jornalista só tem uma chance de conquistar o ouvinte com as notícias em áudio. Se ele não gostar do que ouve, ou não prender sua atenção, dificilmente voltará a escutar o programa. Por isso que ritmo e fluidez são importantes. O jornalista precisa encontrar o ideal entre o rápido e o lento e ainda dar espaço para que o ouvinte reflita sobre o tema, sem perder o interesse.